notícias da pastoral

Pastoral Juvenil e Família no ano da “Amoris Laetitia” Pastoral
Foto: Agenzia Info Salesiana (ANS)

A partir de setembro deste ano, o opúsculo “Pastoral Juvenil e Família” estará à disposição dos Inspetores, dos Delegados para a Pastoral Juvenil e de todos os agentes pastorais dos diversos ambientes. Ele foi produzido em seis idiomas (francês, inglês, italiano, espanhol, polonês e português) e será distribuído em formato impresso e digital. A publicação é fruto de um trabalho que o Setor para a Pastoral Juvenil Salesiana vem desenvolvendo há alguns meses, com o objetivo de aprofundar a sinergia entre a PJ e a Família, que integra e atualiza o caminho iniciado em 2014 e que culminou com o importante Congresso Internacional de Pastoral Juvenil e Família (Madri, 2017). Além disso, coincide com um evento eclesial: em 19 de março de 2021, cinco anos depois da publicação de "Amoris Laetitia", o Papa Francisco inaugurou o Ano "Familia Amoris Laetitia", que terminará em 26 de junho de 2022, por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias, em Roma, com o Santo Padre.

 

Desde o último trimestre de 2020, o Setor da Pastoral Juvenil realiza um trabalho de coleta e análise de todo o material dos caminhos percorridos pela Congregação sobre o tema (reuniões de delegados, documentos de especialistas e contribuições vindas do Congresso). Também foi examinada a literatura recente (após a publicação da ‘Amoris Laetitia’) no cenário internacional, referente à relação entre a pastoral juvenil e a família. Por fim, foi pedido a um grande número de pessoas, de várias regiões, que enviassem contribuições e sugestões sobre os conteúdos, do que resultou um material assaz valioso. O Reitor-Mor, Pe. Ángel Fernández Artime, e o seu Conselho estudaram o texto em várias sessões de trabalho, para depois aprovarem a versão final que foi publicada.

 

O texto representa, de fato, uma coleção sintética e orgânica de todo o conteúdo essencial que emergiu nessa caminhada rica e fecunda. Estas páginas evidenciam como o envolvimento e a integração dessas duas realidades (pastoral juvenil salesiana e família) levam a refletir, juntos, sobre o significado e as necessidades que essa dupla perspectiva acarreta para a renovação educativa e pastoral.

 

Os destinatários deste documento são os Salesianos de Dom Bosco (SDB) e todos os agentes pastorais que têm como responsabilidade animar os diversos setores e âmbitos. De fato, perante a situação familiar que se vive hoje, os Salesianos e a Família Salesiana são chamados a fazer uma proposta pastoral educativa para acompanhar todos os tipos de família que constituem as Comunidades Educativas Pastorais (CEP) e todos os Jovens.

 

O texto se compõe de três partes: a primeira aborda o valor da família na experiência de Dom Bosco e em Valdocco. Na segunda, ele traz algumas reflexões sobre a qualidade do encontro educativo e sobre o espírito de família no Sistema Preventivo. O último capítulo destaca a importância da família em si, sua contribuição para o ecossistema de formação dos jovens, abordando positivamente sua contribuição para a vida cotidiana da CEP. Por fim, a obra apresenta algumas indicações concretas para o Projeto Educativo-Pastoral Salesiano (PEPS).

 

Como diz o Papa Francisco, as famílias “não são um problema; são antes uma oportunidade” (AL 7). Basta pensar na experiência de Jesus em sua família (Lc 2,51-52): uma oportunidade para aprender a ser, a conviver, a ajudar, a curar, a amar.

 

Fonte: Agenzia Info Salesiana (ANS)