notícias da pastoral

Qual é o seu jejum nesta Quaresma? Pastoral
Conheça alguns tipos de jejum e seus significados dentro do tempo quaresmal

É importante saber que o jejum é uma prática muito mais interior do que exterior. Não é uma dieta, mas uma prática espiritual que visa uma intimidade maior com Deus, sendo feito para a conversão e também para renovação do amor a Deus e ao próximo. Papa Leão Magno aconselhava: “Mortifiquemos um pouco o homem exterior, para que o interior seja restaurado. Perdendo um pouco do excesso corpóreo, o espírito robustece-se”. As práticas penitenciais são tão importantes na busca da conversão, que a observância de algumas delas foram indicadas como um dos mandamentos da Igreja. Muito mais do que preceitos, essas práticas penitenciais revelam ser busca pela perfeição no amor.

 

A Quaresma é um tempo muito especial para a Igreja, pois evidencia a prática da oração, do jejum e da caridade em preparação para a celebração da Páscoa de Cristo. Este ano, para além do jejum da comida, o Diretor Executivo da Rede Salesiana Brasil (RSB) e RSB-Social, Pe. Waldomiro Bronakowski sugere algumas opções de jejum que podem ser adotadas nestes 40 dias de recolhimento e diálogo com Deus:

 

 Jejum da Língua:  O jejum da língua busca a atenção no que se fala, evitando fofocas, falar mal do próximo ou proferir palavras com significados negativos. Este jejum traz uma maior reflexão sobre os efeitos da palavra proferida e aproxima os fiéis da figura de Jesus Bom Pastor;

 

 Jejum das Vistas:  O jejum das vistas buscar melhorar o que se vê, especialmente na era digital em que todos são bombardeados de informações e notificações o tempo todo. Este jejum proporciona uma desconexão do mundo moderno e cada vez mais digital, para uma conexão mais íntima dos fiéis com Deus, seja por meio da leitura da bíblia, da oração ou da contemplação da natureza que é a expressão da obra divina do Pai;

 

 Jejum do Gosto:  O jejum do gosto é o mais conhecido, aquele em que se deixa de comer algo que gosta ou, muitas vezes, pula-se uma das refeições, ou até mesmo escolhe-se um dia da semana, ou um período do dia para não comer mais. Este ato relembra o jejum de Jesus no deserto. Conheça algumas orientações de jejum do gosto fornecidas pela Canção Nova clicando aqui;

 

 Jejum do Coração:  O jejum do coração é aquele em que procura-se cultivar bons sentimentos, vigiando cada reação para que seja sempre possível perdoar mais e julgar menos os irmãos e irmãs em Cristo, o que também aproxima os fiéis da figura do Jesus Bom Pastor.

 

Fonte: RSB-Comunicação, com informações da Canção Nova