notícias da pastoral

“A vossa face, Senhor, eu procuro...” - Seguindo Dom Bosco Pastoral
“Se estudarmos Dom Bosco, se seguirmos o seu Sistema, seremos verdadeiramente seus filhos”

“’A vossa face, Senhor, eu procuro...’ - Seguindo Dom Bosco”. É com este título que se apresenta a quarta videossemente sobre “Jovens Salesianos e Acompanhamento - Orientações e Diretrizes”.

 

Em seu n° 100 do texto, lê-se: “Vimos que tanto os que estão em formação quanto seus guias têm predominantemente uma percepção de acompanhamento, em que emerge sua clara ‘centralização espiritual’. Isso pode ser interpretado como um sinal positivo e encorajador, que revela um interesse e uma predisposição para descobrir o projeto de Deus e a ação do Espírito Santo na própria história pessoal. Isso também significa que os jovens estão em busca de adultos que possam acompanhá-los nesse tipo de caminhada, ajudando-os a progredir em direção a uma ‘medida alta’ de vida cristã ordinária, 8 a que todos somos chamados”. Não menos intenso é o desejo de fazer própria a herança carismática de Dom Bosco.

 

Com franqueza são igualmente postos em evidência as dificuldades que se encontram: “A atenção ao carisma salesiano é muito forte durante o noviciado, mas muito fraca nas fases posteriores”. No vídeo de 3 minutos, sublinha-se um dos princípios básicos: “A identidade de consagrado apóstolo, como foi Dom Bosco, constitui a linha mestra do processo formativo” (FSDB 41).

 

O diz de modo ainda mais claro e intenso o Pe. Rinaldi, com cujas textuais palavras se conclui a videossemente: “O salesiano ou é salesiano ou não é nada; ou é de Dom Bosco ou não é de ninguém. Se estudarmos Dom Bosco, se seguirmos o seu Sistema, seremos verdadeiramente seus filhos; caso contrário, não seremos nada e trabalharemos no vazio e fora de caminho”.

 

Como nos meses precedentes, os jovens noviços e irmãos que produziram o vídeo nas cinco línguas principais – Marcos (ITA), John Paul (ENG), Rufin (FRA), José Luis (ESP), Álvaro (PT) – lançam três perguntas para estimular a partilha e o diálogo nas comunidades, envolvendo ao mesmo tempo, sobretudo os jovens em formação e as equipes dos formadores. Este, de fato, permanece o objetivo principal do subsídio vídeo, acompanhado por outros instrumentos (PowerPoint e PDF), enviados por e-mail, às comunidades: favorecer a leitura e a partilha, tomando parte neste processo que já nasceu da contribuição de 86% dos jovens em formação e que se dirige, antes de tudo, a eles e aos que os acompanham.

 

Para conferir o vídeo em língua portuguesa, clique aqui.  

Para partilhar opiniões sobre o tema, transversalmente, entre regiões e línguas, clique aqui.

 

Fonte: ANS