notícias da pastoral

Continua a difusão da série “Salesianos jovens e acompanhamento – Orientações e diretrizes” Pastoral
“Não seria talvez esse coração oratoriano de Dom Bosco o objetivo de toda a nossa formação?”

Continua a difusão da série “Salesianos jovens e acompanhamento – Orientações e diretrizes”, iniciada no mês passado. Em outubro, adentra-se a segunda das 10 sementes, isto é, dos dez núcleos temáticos mais relevantes desse processo, o qual, na fase de pesquisa, envolveu mais de 4.000 pessoas entre jovens em formação e acompanhantes cujas contribuições se elaboraram seguindo as orientações e diretrizes aprovadas pelo Reitor-Mor e seu Conselho, e entregues aos membros do Capítulo Geral 28 (CG28) para toda a Congregação Salesiana.

 

A semente para este mês de outubro, concentrada num vídeo de 3 minutos, traduzido em 5 línguas por jovens noviços e irmãos versa sobre a originalidade do acompanhamento salesiano. O que se focaliza é o tesouro carismático que Dom Bosco deixou com o seu modo de fazer-se companheiro de viagem dos jovens, e de acompanhá-los pelo rumo de uma vida plena, pelo rumo da santidade. Dom Bosco não inventa nada. Sua arte pedagógica e espiritual provém de grandes mestres, como Inácio de Loyola, Francisco de Sales e Afonso Maria de Ligório, os quais ele conheceu e amou através do ensinamento e o exemplo de São José Cafasso. Mas o que nasce em e com Dom Bosco é algo novo, em plena sintonia com os tempos de hoje, como o demonstrou o Sínodo dos Jovens.

 

Dom Bosco sabe criar um ambiente em que um jovem se transforma “por osmose”, em que se respira o desejo de Deus e aquele “esplêndido acordo de natureza e de graça” (C 21) que aciona, tanto para Magone quanto para Sávio, a capacidade de renovar a própria vida desde dentro. O acompanhamento se conjuga em todas as formas que exigem tanto o cuidado do ambiente e do grupo quanto a atenção a cada um.

 

Se tudo isso é importante para a formação, ele o é porque é igualmente importante para a missão. Dizem-no com clareza John Paul, Alessando, Gerald, Anselmo e Chema na pergunta com que fecham seu vídeo respectivamente em inglês, italiano, francês, português e espanhol: “Ao concluir a formação inicial, tornou-se nosso esse tesouro? Estamos em condições de recriar esta maneira de partilhar a caminhada, o pão material e espiritual com os jovens em qualquer contexto em que os encontremos? Não seria talvez esse coração oratoriano de Dom Bosco o objetivo de toda a nossa formação? ”.

 

O “Vídeo Semente” está disponível em, língua portuguesa, no canal oficial da ANS no Youtube, o ANSChannel. Clique aqui e confira.

 

Em DropBox, há um arquivo com todos os vídeos nas 5 (cinco) línguas e os PowerPoints/PDFs a eles conexos. Clique aqui e confira.

 

Em Google Doc, para os Salesianos das várias Inspetorias e Regiões, é possível conhecer as perguntas que estimulam a partilha comunitária e às quais também se pode responder on-line. Clique aqui e confira.

 

Fonte: ANS