notícias da pastoral

Novas lideranças juvenis são preparadas para assumir protagonismo na evangelização Pastoral
“O Intercâmbio é o momento especial que reúne jovens líderes, capacitando-os a evangelizar outros jovens”

“Em contextos diferentes, entre as diversas tipologias de grupos de jovens da PJ – indica o Manual do Delegado Inspetorial para a Animação Missionária –, há grupos que mantêm viva a chama missionária na comunidade juvenil e eclesial; é uma dimensão que corresponde a todos”. De fato, a chama missionária nasce e cresce nos grupos; mas se forma graças ao sacrifício e à dedicação dos Animadores Inspetoriais e Locais, de cada Inspetoria. É este também o caso dos novos Animadores Juvenis que se formaram na Escola Missionária de Corumbá.

 

Durante os quatro dias de intercâmbio, eles estudaram, rezaram, cantaram, conversaram, festejaram, meditaram e trocaram muitas experiências. Logo no primeiro dia, o desafio foi abraçar a proposta de santidade, no jeito salesiano de ser, com alegria e responsabilidade. “É tudo muito bonito, a santidade foi feita para os jovens”, afirmou Luís Felipe de Jesus, aluno da Cidade Dom Bosco, em Corumbá, reconhecendo que é um caminho difícil, mas desafiador.

 

Quem apresentou o tema baseado na “Estreia 2019”, foi o salesiano estudante de teologia Rafael Gustavo Lopes. De acordo com ele, os jovens têm sede de viver a santidade nos dias de hoje, que é perfeitamente possível de ser alcançada. “… trata-se de ser alegre, otimista, cumprir bem todos os seus deveres, ser um bom filho, um bom amigo, um bom pai, um bom professor, no ambiente em que vivemos hoje”, afirma ele.

 

Neste ano, os participantes do Intercâmbio de Líderes puderam participar de todas as oficinas apresentadas - recreação, comunicação e liturgia - em 2 períodos cada. Resultando na capacitação técnica nas principais áreas de atuação do jovem nos grupos formados a partir das atividades pastorais nas escolas. “…aprendi muito sobre liderança e participação em grupos”, afirma a jovem Gabriela Souza Szablewiski, de 15 anos. E completa: “saí daqui pronta para formar outros jovens”, continua ela, lembrando o compromisso de disseminar o conhecimento adquirido.

 

De acordo com os jovens, os momentos mais impactantes do encontro foram as Celebrações da Eucarística e a Lectio Divina, a oração do Terço Luminoso e a adoração ao Santíssimo Sacramento. Eles puderam reviver os dias de “Jornada”, que serviram de impulso inicial para a efetiva participação nas atividades pastorais nas escolas. “Aqui a experiência foi ainda mais intensa do que foi na Jornada porque agora temos um conhecimento maior do que é o Amor de Deus”, conta com entusiasmo a jovem Suzana dos Santos Cruz, estudante do Colégio Salesiano São Gonçalo, de Cuiabá.

 

O delegado inspetorial para as escolas da MSMT e diretor do Colégio Salesiano Santo Antônio, de Cuiabá, Pe. Hermenegildo Conceição da Silva, considerou extremamente positivos os resultados atingidos neste Intercâmbio de Líderes: “Creio que este tenha sido um momento muito especial para os jovens, para os educadores e para os salesianos. Tudo o que foi planejado foi cumprido da melhor forma possível”.

 

O Intercâmbio de Líderes é uma tradição já antiga da Inspetoria de Mato Grosso que, em 2019, completa 125 anos de história. De acordo com o Pe. Wagner Galvão, Delegado Inspetorial para a Pastoral da Juventude, apesar da MSMT ser uma Inspetoria Missionária, a presença nas escolas é uma atividade importante realizada pelos salesianos aqui: “A escola é o lugar onde se educa, se evangeliza, lugar no qual os salesianos têm a oportunidade de levar muitos jovens para Deus”, destacou. “E o Intercâmbio é o momento especial que reúne jovens líderes, capacitando-os a evangelizar outros jovens, orientando-os, rezando com eles, meditando e preparando-os para que assumam o protagonismo da evangelização no ambiente educacional”, afirmou, lembrando que estes jovens saíram do encontro com uma experiência que será lembrada por muitos anos.

 

  

 

Fonte: ANS