notícias da pastoral

A origem da celebração de Corpus Christi Pastoral
A origem da celebração de Corpus Christi

O feriado católico de Corpus Christi é comemorado anualmente 60 dias após o domingo da Santíssima Trindade (domingo seguinte ao Domingo de Pentecostes), sendo, este ano, celebrado no dia 20 de junho. Apesar de ser apenas considerado ponto facultativo, muitas instituições aderem ao feriado que colore a cidade com tapetes criados pelos fiéis para as diversas procissões em celebração ao corpo de Cristo sacramentado.

 

Em latim, Corpus Christi significa “Corpo de Cristo” e essa celebração teve início durante o século XIII. Naquela época, Pedro Praga, um sacerdote da igreja, começou a se questionar se Cristo estava realmente presente na celebração da Eucaristia durante a Santa Missa. De tanta dúvida, Praga chegou a ir em peregrinação aos túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo em Roma pedindo para que Deus lhe concedesse o dom da fé.

 

Foi durante sua passagem por Bolsena, na Itália que, ao celebrar a Santa Missa e ser acometido novamente pela mesma dúvida da presença de Cristo na Eucaristia que um milagre aconteceu: no momento da Consagração, ao levantar a hóstia e o cálice, as representações do corpo e sangue de Cristo, a hóstia que era toda branca, transformou-se em carne viva, dando a confirmação pedida pelo sacerdote da presença de Jesus na celebração.

 

Assim, o Papa Urbano IV, sabendo do ocorrido, pediu que os objetos fossem levados para Oviedo em uma grande procissão, e foi desta gama de acontecimentos que nasceu a celebração de Corpus Christi sendo, a partir de então, celebrada pela Igreja Católica no mundo todo.

 

Tradição dos tapetes coloridos da Celebração de Corpus Christi

 

É comum, durante as celebrações deste feriado, que os fiéis decorem a cidade com tapetes feitos a partir de flores, borra de café, casca de ovo e muita serragem colorida. Tal decoração adorna o caminho que será percorrido pela procissão que leva as representações do corpo e sangue de Cristo (hóstia e cálice de vinho) pela cidade.

 

As imagens desenhadas nos tapetes da procissão são sempre relacionadas ao significado da celebração, podendo contar com o acréscimo de objetos como tampinhas coloridas e folhagens, por exemplo. Para auxiliar na criação dos tapetes de Pentecostes, o site Jovens de Maria preparou uma seleção de ideias de imagens que podem ser utilizadas. Para conferir, clique aqui. O download é gratuito.

 

Fonte: RSB-Comunicação