notícias da pastoral

23º Festival da Juventude Salesiana AJS
23º Festival da Juventude Salesiana

Todos os anos, a 23 anos, cerca de mil jovens de todo o Nordeste participam do Festival da Juventude Salesiana, no Colégio Salesiano Sagrado Coração, no Recife. O evento é promovido pela Inspetoria Salesiana do Nordeste através da Pastoral Juvenil Salesiana e da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) do Nordeste. Este ano, o festival aconteceu de 16 a 18 de novembro. Foram três dias que os jovens passaram no colégio salesiano, participando das celebrações, apresentando peças teatrais e coreografias, tocando, cantando, rezando, todos com o mesmo objetivo, partilhar vida e espiritualidade, com uma alegria e uma fraternidade contagiantes.

 

O enfoque dado este ano não poderia ser outro: o protagonismo juvenil. Assim, a XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, cujo tema foi “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, realizado em Roma, em outubro deste ano, influenciou algumas novas ideias inseridas na programação e também o tema do 23° Festival da Juventude Salesiana. O tema expressa a solicitude pastoral da Igreja pelos jovens e tem como propósito acompanhar os jovens no seu caminho existencial para a maturidade para que, mediante um processo de discernimento, descubram o seu projeto de vida e o realizem com alegria abrindo-se ao encontro com Deus e com os seres humanos e participando ativamente na edificação da Igreja e da sociedade.

 

Na abertura do 23º Festival da Juventude Salesiana, o protagonismo juvenil foi representado nas mais diversas expressões artísticas e culturais com o carisma salesiano. O primeiro dia começou com a Acolhida preparada pela Delegação de Natal/Gramoré para os 26 grupos de todos os estados do Nordeste, representados por cerca de mil jovens. As boas-vindas contaram com música, faixas e brindes que simularam a “entrada no céu”. Pela primeira vez, houve a participação do grupo de Picos (Piauí).

 

A animação ficou por conta do Polo Cultural, comandado pela banda composta pela delegação do Colégio Salesiano Sagrado Coração (Recife, PE); onde os participantes vivenciaram a interação, fizeram novas amizades e, juntos, cantaram e dançaram ritmos Nordestinos, como forma de concentração para a tão esperada abertura do Festival na quadra Dom Bosco.

 

A cerimônia de abertura começou com a Companhia de Circo Ladrões do Sorriso, de Natal, que protagonizou um show de malabarismo e humor. Em seguida, houve a apresentação de dança da delegação dos colégios Dom Bosco e São José, de Natal (RN); que retratou a vida sofrida pelo povo sertanejo clamando a Virgem Maria para deixar essa vida sofrida com a força da fé.

 

O padre Inspetor, Nivaldo Pessinatti, deu as boas-vindas aos participantes, destacando o protagonismo juvenil, tema deste ano, e motivando a felicidade nos jovens. “No meio de tantas palavras, eu gostaria de expressar alguns sentimentos: o primeiro é de uma imensa, alegria de ver esse panorama lindíssimo, marcado pela juventude, pela alma leve de vocês. Portanto, é um sentimento de euforia salesiana. Como diria Dom Bosco aos Jovens “Eu sempre estou bem ao lado de vocês. E nós, hoje, interpretando os salesianos, eu posso dizer que sentimos muita alegria e gratidão pela beleza de vocês. Cada um, neste momento, é um nó onde se encontram tantos sonhos, esperanças, anseio de felicidade. ”

 

Houve, também, a palavra da irmã Inspetora Amélia Castro, FMA, que destacou a importância de amar a Deus não somente na Igreja, mas, amar e enxergar Deus no próximo. Relembrando frase de Madre Mazzarello: “Que horas são? ” Hora de amar a Deus. ” E é essa, também, a proposta do Festival; amar em forma de música, teatro, dança, humor e os momentos de espiritualidade e carisma salesiano.

 

“Essa juventude toda é acompanhada durante o ano todo, através de encontros de formação, visitas e culmina todo esse trabalho com o Festival da Juventude. Temos também algumas novidades, estamos dando uma visibilidade maior à proposta vocacional na nossa ação. Teremos momentos de convivência, momentos de catequese que vão, justamente, enriquecer toda a proposta pastoral que vamos realizar aqui durante estes três dias de programação. ” Afirmou o Pe. Eudes Barreto, organizador que, chamando toda a Comissão da AJS, agradeceu pelo empenho e dedicação nos bastidores do evento e, junto com a Ir. Raquille Cassimiro, FMA, Delegada da AJS, declarou aberto o 23o Festival da Juventude Salesiana.

 

A noite encerrou com um grande show, animado pela Banda DB, composta pelos ex-alunos dos Colégios Salesianos Dom Bosco e São José, de Natal (RN).

 

  

 

O último dia de Festival da Juventude Salesiana, começou com a Celebração Eucarística na Quadra Dom Bosco, presidida pelo Pe. Cezar Texeira. Outros padres salesianos concelebraram, dentre eles, o Inspetor Pe. Nivaldo Pessinatti e o Delegado da Pastoral Juvenil Pe. Eudes Barreto. O momento contou com a animação das bandas do Colégio Salesiano de Salvador e a delegação de Parnamirim-Natal, que levou os jovens a cantarem e louvarem em agradecimento a Deus pelos momentos maravilhosos vivenciados nesses três dias de festival.

 

A liturgia foi realizada pelos jovens da delegação de Petrolina - PE. As ofertas representaram o gesto concreto de solidariedade para com as Obras Sociais Salesianas do Nordeste que atendem crianças, adolescentes e jovens em situação de riscos. Cada delegação fez a doação de materiais de limpeza, higiene pessoal, esportivo, didático e alimentos não perecíveis. Tudo isto foi apresentado no ofertório.

 

A celebração foi, também, marcada por saudades. Além do último dia do festival, foi a missa de despedida do Pe. Eudes Barreto, em agradecimento ao trabalho prestado com a juventude salesiana. Uma bela mensagem foi lida, fotos foram exibidas, recordando a trajetória do Pe. Eudes. Presentes foram entregues ao padre, através dos coordenadores de cada delegação. Ao final da missa, foram entregues as premiações para cada representante das delegações presentes.

 

Logo em seguida, a animação ficou por conta da banda de Gramoré, que levou os jovens a transmitirem a felicidade que sentiam através da dança, pulos e sorrisos. Encerrando mais uma edição do Festival da Juventude Salesiana, Pe. Cezar Teixeira deu a Bênção de Nossa Senhora Auxiliadora.

 

Para mais fotos, clique aqui.

 

Fonte: Boletim Informativo do evento, com informações da Rádio FM Dom Bosco