notícias da pastoral

Filha de Maria Auxiliadora tem presença ativa no Sínodo dos Jovens AJS
Ir. Alessandra durante o Sínodos

O Sínodo dos Jovens conta com uma presença marcante, não só de Bispos e Padres Salesianos, mas também de algumas religiosas, entre as quais, Ir. Alessandra Smerilli. Religiosa das Filhas de Maria Auxiliadora, Irmã Alessandra Smerilli tem 43 anos e é natural da Itália. Ensina economia política e elementos de estatísticas na Pontifícia Faculdade de Ciências da Educação "Auxilium" de Roma. Em 2014, doutorou-se em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade de East Anglia (Norwich, Reino Unido), e, em junho de 2006, recebeu um PhD em Economia pela Faculdade de Economia na "Sapienza" de Roma.

 

Ela é membro fundador e professora da Escola de Economia Civil e membro da Comissão da Ética SGR. Ela foi co-autora com Luigino Bruni do livro: A outra metade da economia, e está publicando o volume Carismas economia, profecia: a gestão das obras e dos recursos, em tradução livre, pela editora Rogate.

 

Ir. Alessandra defende que é importante uma maior participação das mulheres na Igreja Católica. No Sínodo são apenas 7 religiosas presentes. Segundo Ir. Alessandra: “Talvez exatamente por sermos poucas, somos muito ouvidas”. Em pronunciamento à Rádio Vaticano, Ir. Alessandra definiu a participação feminina no Sínodo como “muito boa”. “Em particular, nos grupos há espaço para o diálogo, para fazer propostas, para confrontos com vários pontos de vista – explicou -, e é muito importante, porque é o que os jovens nos pedem”. Durante a coletiva a religiosa disse ainda que não se sente uma “participante de série b”, mas equivalente a todos os outros participantes.

 

Como doutora em Economia pronunciou-se assim durante o Sínodo: "Como religiosa, mulher e economista, eu gostaria de ver mais atenção às questões econômicas sob o ponto de vista da sustentabilidade. Há de fato uma quarta revolução em curso e é a digital; devemos ter o cuidado de acompanhar esse processo.