notícias da pastoral

Mês da Bíblia, oportunidade para praticar a leitura Orante da Palavra Pastoral
Mês da Bíblia, oportunidade para praticar a leitura Orante da Palavra

A leitura orante da Palavra de Deus, também conhecida como Lectio Divina, é uma prática antiga da Igreja e encontra suas raízes na tradição judaica. Na Igreja primitiva, Orígenes, que era um grande mestre erudito, retoma e aprofunda esta prática de oração. Porém, a sistematização, tal qual a conhecemos hoje, deve-se a um monge chamado Guido, que viveu no séc. XII e escreveu o livro “A escada dos monges”, no qual explica a Leitura Orante em quatro passos: ler, meditar, orar, contemplar.

 

O método busca aprofundar a Palavra de Deus, deixando que ela fale, a partir de um profundo diálogo em que a vida é relida à luz do Evangelho. A seguir, você encontra a explicação de como fazer os quatro passos:

 

 

 

 

1º Degrau – Leitura (Lectio): O que o texto diz?

 

· Leia lentamente o texto, ao menos duas vezes.

· Ainda não tente fazer nenhuma aplicação prática dele para sua vida hoje. Apenas tente compreender o que o texto poderia significar na época em que foi escrito.

· Tente reconstruir o texto: Quem são as pessoas que aparecem no texto e qual é a situação de cada uma? De acordo com o texto, qual é o papel de cada uma e quais seriam seus sentimentos? Aparece algum conflito no texto? Como é resolvido? Como Deus se manifesta no texto?

 

2º Degrau – Meditação (Meditatio): O que o texto me diz?

 

· Destaque uma palavra, ou versículo que ficou mais forte para você.

· Atualize o texto, comparando a situação da época com a situação atual, e procure perceber o que tudo isso tem a ver com a sua vida ou com a realidade em que você está inserido.

 

3º Degrau – Oração (Oratio): O que o texto me faz dizer a Deus?

 

· Depois de ler, compreender e ver o que Deus quer dizer através deste texto, é hora de uma conversa orante com Deus.

· A oração é o instante no qual se é convidado a falar com Deus através do louvor, do agradecimento, do pedido, da súplica, do oferecimento, do pedido de perdão dirigido a Ele. É necessário silêncio...

 

 

4º Degrau – Contemplação (Contemplatio)

 

Contemplar é ver a vida com os olhos da fé. É sentir, quase intuitivamente, a presença da Santíssima Trindade ao nosso lado. Esse passo está ligado ao anterior; às vezes, não percebemos quando termina um e começa o outro. É o momento de voltar-se para sua realidade e procurar vê-la com um olhar diferenciado, iluminado pela Palavra de Deus. A contemplação gera ação, posicionamento e atitude de seguimento de Jesus Cristo a partir da vida concreta em que se está inserido.

 

A Leitura orante pode ser feita sozinha, mas, quando realizada em grupo, há uma maior riqueza de partilha e olhares sobre a Palavra de Deus. É fonte de comunhão e unidade que fortalece a comunidade cristã e a leva sempre para o essencial.