notícias da pastoral

Cultores da História Salesiana se reúnem em Brasília Pastoral
Texto: Pe. Antenor de Andrade Silva, SDB.

Nos dias 4 a 6 de setembro, aconteceu em Brasília-DF a reunião anual do grupo ACSSA-BRASIL (Associação de Cultores da História Salesiana). São dezesseis participantes, entre Salesianos de Dom Bosco (SDB) e Filhas de Maria Auxiliadora (FMA), que têm a missão de cultivar, preservar e difundir a história salesiana.

 

No Brasil, a ACSSA tem como inspetores referentes o Pe. Luís Pessinatti e a Irmã Lúcia Barreto, que estiveram presentes no encontro. A participação dos dois superiores salesianos na entidade, ligada ao Instituto Histórico Salesiano, diz da importância que a Congregação dá à ACSSA que, embora recente, já existe em diversos países.  Seus membros apresentam diversas obras e/ou artigos escritos sobre a história de suas Inspetorias.

 

Os dias do encontro foram recheados de conferências, como a do Pe. Pedro Borges (Atitudes do Historiador), Pe. Afonso de Castro (sobre suas pesquisas a respeito da Inspetoria de Campo Grande), a da professora Núbia Ferreira, que apresentou sua tese de doutorado “O Colégio Salesiano de Juazeiro do Norte e o Projeto Educacional do Padre Cícero”, e Irmã Célia, que desenvolveu um histórico sobre a Inspetoria FMA do Norte.

 

A par destas exposições mais longas, cada membro da ACSSA dispôs de vinte minutos para uma exposição sobre um dos personagens mais significativos de sua Inspetoria. Um dos autores falou, sucintamente, a respeito da vida e a obra do Pe. Carlos Leôncio da Silva, SDB. Por solicitação do grupo, o Pe. Antenor de Andrade está preparando um trabalho mais substancioso sobre este grande pedagogo brasileiro.